Bem Vindos!

Loading...

segunda-feira, 29 de maio de 2017

Se.












Se.


Se os maremotos revolverem a terra
Se as montanhas desaparecerem
Se as tempestades ficarem intensas
Não importa, estarei te amando,


Se os ventos forem fortes
Se o Sol e a Lua 
ficarem mais brilhantes,
Não importa, continuarei te amando,


Se o silêncio imperar
Se no céu
Relampear e trovejar,
Não importa, ficarei te amando,


Se os raios caírem
Riscarem as nuvens
de ponta a ponta, e marcarem à terra,
Não importa, serei eu te amando,


Se as distâncias entre nós
Ficarem maiores
Ou difíceis,
Não importa sou eu te amando,


Se não pudermos 
nos falar
nem nos ver,
Não importa, vou te amando,


Se os Mundos
Não mais existirem ou
Se o Universo continuar em expansão,
Não importa, continuarei te amando,


Se as estrelas de maior magnitude,
 Ou de maior  beleza
Brilharem mais forte,
Nada importa, estarei te amando,


Se um dia estivermos em
Sirius, Canopus,
Alpha Centauri ou Arcturus,
Nada disso importa, estarei te amando,


Se um dia formos só energia
representada por nous
mesmo que seja etérea,
Nada disso importa, continuarei te amando,


Se um dia 
Estivermos juntos com DEUS,
Isso importa,
Mas continuarei te amando!





Ivanildo Assis.
05/2017.


Tango to Evora - Loreena McKennitt

https://youtu.be/JedmQen0M50







sexta-feira, 17 de março de 2017

Juliette.














Juliette.




Juliette, 
Oh! Juliette
teu perfume ainda exala
em minh'alma,


Teus suspiros
intensos
suaves e serenos
acalentam meu ser,


Teu olhar firme e belo
esta gravado 
em minha mente
e em minh'alma,


Teu toque
é inesquecível
e suave
sinto-o agora,


Ouço tua voz
como a me chamar
incessantemente
para mais um momentum,


Teu sabor
das frutas dos deuses
esta marcado
no DNA da existência humana,


Nossa música
e que bela ela é
toca incansavelmente
do nascer ao por do sol,


As Rosas que te dei
rubras e belas
ainda exalam 
o perfume dos Deuses,


Lembro-me das marcas
de nossos pés
cravadas
na terra molhada,


Nossos passeios nas florestas
era mágico
brincávamos de ver
o Sol entre as folhas,


Buscávamos nas
frondosas e milenares
árvores
as milhares de tonalidades,


Líamos a história da vida
em seus enormes troncos
com belas mensagens
como se fossem recados para nós,


E a tua música, nossa música
tocava incessante
penetrando em nossos corações
e nossas almas,


Tu bailavas belamente
como se estivesse
voando nas asas
da imaginação,


Nossos olhares fixos
conversavam amenidades
eu sutilmente sussurrava
palavras sublimes para ti,


A música não parava
por nós poderia ir
até o amanhecer
ditando o ritmo de teu coração,






Ivanildo Assis.
03/2017.



Música: Juliette
Chris Spheeris.


https://youtu.be/1brVTBlJIAA











sábado, 11 de fevereiro de 2017

Sensibilidade!




                                                                                         


                                                                                 








                                                                   SENSIBILIDADE!



            A sensibilidade aflora na pele
         Os sentidos ficam aguçados
              É como uma viagem no tempo
                     Um deleite de um momento fugaz,


    A Mão na terra molhada
                 O sentir dos elementos químicos
                 A vivência da experiência única
           Um flash de vidas passadas,


               Os olhos fixos no DNA da vida
                   Os quatro elementos evidenciados
                A mente em longínquos lugares
                         Ouvindo talvez a música das esferas,


       Os cabelos soltos ao vento
                   Como se cantasse junto aos silfos
                           A canção que toca a alma dos homens
                Ou talvez uma canção de ninar,


                         As folhas sutilmente tocando a pele 
                 Como num balé
                  De Fadas e Hemadríades
                  Celebrando a vida,


              O Sol é testemunha
               dos momentos mágicos 
               de sensibilidade e coragem dos seres
               no voo dos corações.




Ivanildo Assis.
02/2017.


Voo dos Corações - Raphael Veronese.


https://youtu.be/EYp5plah8x8