Bem Vindos!

Loading...

sexta-feira, 17 de março de 2017

Juliette.














Juliette.




Juliette, 
Oh! Juliette
teu perfume ainda exala
em minh'alma,


Teus suspiros
intensos
suaves e serenos
acalentam meu ser,


Teu olhar firme e belo
esta gravado 
em minha mente
e em minh'alma,


Teu toque
é inesquecível
e suave
sinto-o agora,


Ouço tua voz
como a me chamar
incessantemente
para mais um momentum,


Teu sabor
das frutas dos deuses
esta marcado
no DNA da existência humana,


Nossa música
e que bela ela é
toca incansavelmente
do nascer ao por do sol,


As Rosas que te dei
rubras e belas
ainda exalam 
o perfume dos Deuses,


Lembro-me das marcas
de nossos pés
cravadas
na terra molhada,


Nossos passeios nas florestas
era mágico
brincávamos de ver
o Sol entre as folhas,


Buscávamos nas
frondosas e milenares
árvores
as milhares de tonalidades,


Líamos a história da vida
em seus enormes troncos
com belas mensagens
como se fossem recados para nós,


E a tua música, nossa música
tocava incessante
penetrando em nossos corações
e nossas almas,


Tu bailavas belamente
como se estivesse
voando nas asas
da imaginação,


Nossos olhares fixos
conversavam amenidades
eu sutilmente sussurrava
palavras sublimes para ti,


A música não parava
por nós poderia ir
até o amanhecer
ditando o ritmo de teu coração,






Ivanildo Assis.
03/2017.



Música: Juliette
Chris Spheeris.


https://youtu.be/1brVTBlJIAA