Bem Vindos!

Loading...

sábado, 22 de fevereiro de 2014

O Silêncio!










O Silêncio!



O silêncio da noite, silêncio da alma

Alma reflexiva, imaginando os atos

Atos dignos de um ser evoluído

Evolução necessária para o ser



O ser será o espelho do eu

Eu interior no momento silencioso

Silêncio das profundos momentos meditativos

Meditando e conhecendo-se a sí mesmo


Conhecer-se a sí mesmo e viajar

Viajar no tempo e no espaço

Mas tempo e espaço não existem

O que existe é o silêncio


O silêncio, ou silentes são nossos diálogos

Diálogos com nosso Mestre

O Mestre divino

A divina centelha em meu coração


Meu coração que está pulsando no ritmo da vida

As nossas vidas de muitos planos

De planos de outras eras

Outras eras que ecoam, no silêncio de nossa Jornada.

Ivanildo Assis.



Uma bela música para acompanhar a poesia:
Cecília - Love Of a Silent Moon.









Nenhum comentário:

Postar um comentário